chamusca carmen theomicromineiro slide

Saúde

sangue recolha

O Hospital Distrital de Santarém e o Centro Hospitalar do Médio Tejo, que engloba os hospitais de Abrantes, Tomar e Torres Novas, estão integrados num grupo de dez hospitais que têm atualmente uma reserva de sangue para sete dias, capaz de responder a eventuais necessidades originadas pela visita do Papa Francisco a Fátima.

A diretora técnica do Centro de Sangue e Transplantação de Lisboa, Ana Paula Sousa, citada pela agência Lusa, explica que a emergência pré-hospitalar irá garantir um primeiro eixo de resposta e, um segundo eixo, composto pelo Hospital Distrital de Santarém, o Centro Hospitalar do Médio Tejo, o Centro Hospitalar do Oeste e o Centro Hospitalar de Leiria, irão ser as duas principais bases do plano de contingência elaborado para as Comemorações do Centenário das Aparições de Fátima, a 12 e 13 de maio.

Existirá ainda um terceiro eixo constituído por unidades hospitalares com serviços de urgência polivalentes e maior capacidade para doentes críticos: Centro Hospitalar do Porto, Centro Hospitalar São João, Centro Hospitalar de Lisboa Central, Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e Centro Hospitalar Lisboa Norte.

santaremalcanhoesAPAfeiraaude

A primeira edição da feira da saúde e bem estar de Alcanhões, que se realiza este sábado, 22 de abril, reúne um total de 15 expositores, entre instituições de solidariedade social, empresas ligadas aos seguros e ao sector farmacêutico, e negócios locais ligados a estas áreas.

No que se refere a instituições, o certame, que se realiza na sede da Associação Popular de Alcanhões (APA), entre as 10 e as 18 horas, vai contar com a presença do Centro de Dia Santa Marta e Lar Evangélico Nova Esperança (ambos em Alcanhões), do Centro de Bem Estar Social (CBES) de Vale de Figueira, e do Grupo de Dadores de Sangue de Alcanhões.

Estarão também representadas a farmácia Santa Marta e a Biolabor, que será responsável pela recolha de medula óssea a favor da pequena Maria, que procura um dador compatível para combater um cancro raro.

No capítulo das empresas, o certame conta com a participação da Branco Seguros & Serviços, que organiza esta feira da saúde e bem estar, da Medis – Seguros de Saúde, da Oralmed, e da Ótica Óculos e Lentes da Fábrica, de Santarém, que assegurará os rastreios visuais.

Na área do desporto, nutrição e massagens, estarão presentes o ginásio Twins Fitness Station, de Santarém, a Loja Mio Super Natural – Alimentação Saudável, também em Santarém, o massagista David Pereira, e o quiromassagista Gustavo Faria, além do Núcleo de Cicloturismo “O Cantinho do Avô”, em Alcanhões.

São esperados centenas de visitantes ao longo de todo o dia, num certame cujo objetivo “é valorizar o que se faz nas empresas, nas associações da freguesia e em alguns parceiros do concelho no âmbito da saúde e bem estar, apresentando e promovendo a sua atividade junto da população”, segundo Pedro Rui Branco, da Branco Seguros & Serviços.

 sala magenta

A Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos vai organizar no dia 27 de abril, pelas 16h00, no Edifício do Cais da Vala, a segunda fase regional de apuramento para a 11ª edição do Concurso Nacional de Leitura da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

Esta segunda fase regional vai envolver 40 alunos dos concelhos de Azambuja, Benavente, Cartaxo, Coruche, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém em provas escritas (de carácter eliminatório) e orais (de apuramento para a Fase Final do Concurso Nacional de Leitura).

A prova escrita terá a duração de 45 minutos e a prova oral (de 5 minutos) consiste na declamação de um poema e na resposta a uma questão sobre o conteúdo das obras selecionadas para o concurso.

O júri, composto pela técnica superior da Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos, Marta Marques, pelo músico David Antunes e pela escritora Maria João Lopo de Carvalho, irá avaliar a intensidade, o ritmo, a expressividade, o discurso lógico e a capacidade de análise de síntese na resposta à questão sobre o conteúdo das obras.

As obras selecionadas foram "A Terra do Anjo Azul", de António Mota, e "Quando Hitler roubou o coelho cor de rosa", de Judith Kerr, para o 3º ciclo; e "A Sala Magenta", de Mário de Carvalho, e "O Menino de Cabul", de Khaled Hosseini, para o ensino secundário.

Após a prova oral são considerados vencedores dois alunos do 3º ciclo e dois alunos do Secundário, sendo ainda selecionado um suplente em ambos os escalões. Estes quatro estarão presentes na Fase Final do Concurso Nacional de Leitura, a realizar em junho/ julho, em representação da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo.

O Concurso Nacional de Leitura tem como objetivo estimular a prática da leitura entre os alunos do 3ºciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário e é organizado pelo Plano Nacional de Leitura, em parceria com várias entidades.

Balonismo em Coruche - Fotos João Dinis