chamusca appmicromineiro keepcalm

Cultura

entroncamentosketchers

Os comboios do Museu Nacional Ferroviário (MNF), no Entroncamento, atraíram mais de 60 participantes num encontro de desenho à vista organizado pelos Urban Sketchers Portugal (USkP) e Ribatejo Sketchers (RSk).

Vindos de todos os pontos do país, os amantes do desenho dedicaram-se às viagens de comboio, às máquinas e a outros detalhes ferroviários, podendo os desenhos ser vistos ser vistos nas páginas do Facebook dos USkP e da Delegação do Centro da Ordem dos Arquitectos, que apoiou esta iniciativa.

Durante o evento, foi ainda lançado o desafio para a realização de uma exposição no Museu Ferroviário, com o resultado desta iniciativa, e convidaram-se os participantes para o encontro de diários gráficos, que se está a preparar em Abrantes.

carnaval santarem

Além dos desfiles e atividades no Jardim de São Bento, os festejos do Carnaval de Santarém vão prolongar-se noite dentro, a partir das 22h00, numa tenda instalada na antiga Escola Prática de Cavalaria.

A animação começa na sexta-feira, dia 24, com uma noite africana a cargo de LF Music e vários DJ's.

No sábado, dia 25, é a vez de Sabor a Brasil, com Luciano da Bahia e os DJ's Vassalo e Rui Leiria.

Segunda, dia 27, há concurso de máscaras e baile com LF Music e concerto com David Antunes e Midnight Band.

No domingo, dia 26, a tenda abre mais cedo, às 15h00, para uma matiné dos foliões com LF Music.

NOTÍCIA RELACIONADA:

Cinco dias de folia no Carnaval de Santarém

adriano moreira

O conhecido professor e ex-político Adriano Moreira, vai ser o orador principal da primeira palestra do ciclo "Santarém na Ordem”, organizado pela Delegação Distrital de Santarém da Região Sul da Ordem dos Engenheiros, no dia 10 de março (sexta-feira), pelas 21h00, no Auditório da Escola Superior Agrária, em Santarém.

Estadista e estudioso de assuntos de política internacional, Adriano Moreira destacou-se pelo seu percurso académico e pela sua ação na qualidade de Ministro do Ultramar, durante o Estado Novo, ao pôr em prática as teses do luso-tropicalismo e ao fazer aplicar uma série de reformas.

Foi sob o seu Ministério que foi abolido o Estatuto do Indigenato, que impedia a quase totalidade dos habitantes das colónias de adquirir a nacionalidade portuguesa, que foi aprovado o Código de Trabalho Rural (considerado pela OIT como um dos mais avançados à época) e abolido o regime de contratação.

Já depois do 25 de abril de 1974, foi presidente do CDS (1986-1988 e, interinamente, 1991-1992).

A palestra de Adriano Moreira terá como tema "Conciliar o Mundo”.

O evento é grátis mas a inscrição é obrigatória e pode ser feita AQUI.

Desert Challenge 2017